Bupropiona: Saiba Mais Sobre Este Medicamento

Bupropiona: Saiba Mais Sobre Este Medicamento

A Bupropiona é um medicamento usado para tratar deperssão e em pacientes que querem parar de fumor. Porém, os seus compostos também auxiliam no emagrecimento, veja mais!

A bupropiona é um medicamento muito utilizado para o tratamento de dependência de nicotina, podendo ser um grande aliado na luta contra o tabagismo.

Por ser um antidepressivo, classificado como atípico. Ele também é utilizado para tratar a depressão.

Se você deseja conhecer mais sobre esse medicamento, acompanhe abaixo suas características e usos.

O que é bupropiona?

Esse é um medicamento utilizado há vários anos para o tratamento da depressão e da dependência de nicotina.

Ele foi lançado no mercado na década de 80 com uma dosagem muito superior à usada hoje, por isso seu uso foi proibido apenas um ano depois. 

Porém, logo voltou a ativa na dosagem máxima recomendada, que é utilizada na atualidade.

Este medicamento é um antidepressivo, apesar de seu uso mais comum ser para a dependência da nicotina e para ajudar a parar de fumar.


Algumas pessoas associam seu uso ao emagrecimento.

Como funciona?

Para facilitar nosso entendimento, podemos dividir sua funcionalidade por tratamento.


Depressão

Esse medicamento é um antidepressivo atípico da categoria de inibidores da recaptação de noradrenalina e dopamina.

Ou seja, ele age na reabsorção desses neurotransmissores, fazendo com que eles permaneçam por mais tempo em nosso organismo, estimulando a comunicação dos neurônios.

A dopamina e a noradrenalina são neurotransmissores que têm ação direta nas nossas emoções, assim como promove a sensação  de prazer e aumenta nossa motivação.


Dependência de nicotina e tabagismo 

Ela contém metabólitos que atuam sobre os receptores de nicotina em nosso cérebro.

Também tem ação sobre a noradrenalina e dopamina, que se relacionam com a dependência e a abstinência, ajudando no processo de cessação do tabagismo.


Como Tomar

A dose recomendada deste produto é de no máximo 450 mg por dia. Seu médico pode optar por aumentar a dosagem de acordo com sua necessidade.

Vale lembrar que a dosagem pode variar de acordo com o tratamento que você está fazendo, as dosagens talvez sejam diferentes. 

Por isso, sempre siga as informações do seu médico e leia a bula com atenção.

Não se deve ingerir duas doses deste medicamento juntas, é necessário que se tenha um intervalo de no mínimo 8 horas entre elas.

Além disso, este medicamento pode ser tomado em jejum ou junto com as principais refeições. Também é recomendado que evite o uso perto do horário de dormir, pois seus efeitos podem causar insônia.

Contraindicações e efeitos colaterais

Entre os efeitos colaterais mais comuns estão:

  • Boca seca;
  • Constipação;
  • Náusea;
  • Dor de cabeça;
  • Tontura.

É muito importante ter em mente que na presença de qualquer efeito colateral deve-se procurar ajuda médica. Somente ele poderá decidir se deve ou não interromper  o tratamento. Não use a bupropiona se:

  • Tem menos de 18;
  • Tem ou já teve anorexia ou bulimia;
  • É diagnosticado com algum transtorno convulsivo;
  • Faz uso de medicamento antidepressivo.

FAQ

  • A bupropiona emagrece?

Apesar de ser um medicamento que tem componentes que ajudam na diminuição do apetite, não é usado para esse tipo de tratamento. Isso porque essa ação é pequena e a perda de peso é pouca.


  • Esse medicamento aumenta a libido?

Não. Ela não tem essa ação. Mas, ao contrário da grande maioria dos antidepressivos (principalmente inibidores da receptação seletivos da serotonina), ela não interfere reduzindo a libido, apenas isso, mas não aumenta.


  • Pode causar a queda de cabelo?

Sim. Muitos antidepressivos têm a perda de cabelo como efeito colateral. Mas existem outros fatores a se considerar como o stress e a ansiedade e o fato de que fumar pode aumentar o número da produção de radicais livres, o que leva a queda.


  • A bupropiona interfere no uso do anticoncepcional?

Não. Ela não interfere, nem aumenta as chances de engravidar, assim como o anticoncepcional  não interfere no efeito desse medicamento.


  • Pode fazer uso de bebidas alcoólicas junto do tratamento?

Este medicamento não tem interação direta com o álcool, porém , é recomendado que não se faça o uso desse tipo de bebidas, pois isso pode atrapalhar o tratamento, podendo gerar, até mesmo, mais efeitos colaterais.


Conclusão

Esse medicamento é um poderoso antidepressivo que pode ser usado tanto no tratamento de distúrbios psicológicos como na luta contra o tabagismo e a dependência da nicotina.

Já é um produto que vem sendo utilizado a décadas e se mostrado eficaz no tratamento, principalmente por sua ação sobre os neurotransmissores.


Esse é um medicamento que precisa de prescrição e acompanhamento médico. Deve-se atentar às instruções contidas na bula e as dadas pelo seu médico.