Saxenda: Medicamento que Promove Perda de Peso

Saxenda: Medicamento que Promove Perda de Peso

Saxenda é um remédio para aqueles que buscam perder peso, ele usa o hormônio da saciedade para ajudar no controle de peso. Confira mais detalhes sobre este composto!

A obesidade é uma doença que vem afetando milhões de pessoas no mundo todo. Seus efeitos são tão graves que podem levar até mesmo à morte. Além disso, muitas doenças podem ser ocasionadas por esses problemas.

É realmente um problema alarmante, não é mesmo?

Se você se encontra nessas condições e está a procura de um tratamento eficaz, a Saxenda pode ser sua grande ajuda.

A saxenda é um produto indicado para o controle do peso de pessoas obesas com sobrepeso. Sua ação principal é a redução do apetite.


Neste artigo, esperamos te ajudar a entender melhor sobre esse produto, seus benefícios, usos e efeitos. 

O que é Saxenda?

A saxenda é um medicamento injetável, sua base é um princípio ativo chamado liraglutida que age no cérebro, através de hormônios que regulam o apetite e controlam o peso.

Pode ser usado por pacientes obesos (com IMC de 30kg/m² ou mais) ou por pacientes com IMC de 27kg/m². Também é indicado para pessoas que tenham uma condição médica relacionada ao peso, como:

  • Diabetes tipo 2; 
  • Colesterol alto; 
  • Pressão alta.

Os pacientes que usam a saxenda também precisam estar preparados para se comprometer a fazer mudanças no seu estilo de vida. Isso inclui:

  • Uma dieta saudável ;
  • Prática de exercícios;
  • Boas noites de sono.

Quando associados podem resultar na perda de até 10% do peso.


Como ela age?

A liraglutida, substância que se encontra em maior quantidade deste medicamento, atua de forma semelhante a um hormônio que é liberado pelo intestino, chamado GLP-1.

Ela tem ação sobre os mecanismos do sistema nervoso central, em que fazem com que a insulina e a leptina interajam com receptores hipotalâmicos, favorecendo a saciedade.

Além disso, ela age sobre a adiposidade (excesso de gordura no organismo), reduzindo a absorção pelo organismo.


Ou seja, ela controla o apetite, aumentando a sensação de saciedade, fazendo com que coma menores quantidades, o que reduz nosso peso.

Ela vem em uma caneta pré-cheia e é injetada no seu corpo uma vez por dia, a qualquer hora do dia.

Como injetar?

Existe todo um cuidado que deve ser tomado ao se injetar esse medicamento, por isso, antes de tudo, procure a ajuda de seu médico e leia a bula.

Você pode seguir os seguintes passos:

  1. Insira a agulha: nesse momento você pode seguir as instruções dadas pelo médico ou farmacêutico, garanta que seu dedo não está cobrindo o dosador. Isso pode atrapalhar a injeção;
  2. Pressione o botão e segure: é importante que faça isso até que o contador mostre o valor 0. Esse número deve estar alinhado ao indicador da dose, Assim, você poderá ouvir e sentir um clique;
  3. Mantenha a agulha inserida: por um tempo, você pode contar até 6. Caso a agulha seja removida antes, mesmo depois do contador ter voltado para o 0, a dose pode não ter sido completada;
  4. Retire a agulha: ao retirar a agulha pressione o local, isso conterá o sangue. Não esfregue a área.

Se atente sempre a quantidade de mg que está sendo inserida e se a agulha não está entupida. Isso é importante para garantir que você tenha recebido a dose.

Qual a dosagem?

Esse medicamento tem uma dosagem progressiva. Você deve começar com apenas 0,6mg dela, e ir aumentando aos poucos, semana após semana, até que se chegue na dose ideal que é de 3mg.

A melhor forma de se aumentar é ir de:

  • De 0,6mg para 1,2mg; 
  • De 1,2mg para 1,8mg;
  • De 1,8 para 2,4mg;
  • De 2,4 para 3mg.

Até aí o tratamento já estará na quinta semana. Você deve manter então a dosagem de 3mg até o fim do tratamento, que leva 12 semanas.

Contraindicações e efeitos colaterais

Este medicamento é contraindicado para gestantes. Se você tem intenção de engravidar também deve conversar com o médico para descontinuar o tratamento.

Pessoas alérgicas ou que sentem sensibilidade à liraglutida também devem evitar o uso. Também não deve ser utilizado por adolescentes e crianças que tenham o peso menor que 60 kg.

Algumas pessoas podem apresentar os seguintes sintomas:

  • Náuseas;
  • Dor de cabeça;
  • Cansaço;
  • Tontura;
  • Constipação.

É importante se lembrar de que esse é um medicamento que precisa de prescrição e acompanhamento médico.


Alertas!

  1. Guarde a bula: pode ser que você precise dela novamente;
  2. Caso tenha efeitos colaterais: procure seu médico imediatamente, principalmente os não listados na bula;
  3. Se hidrate: é normal que ocorra uma desidratação no começo do tratamento. Por isso aumente a ingestão de líquidos;
  4. Esse medicamento foi prescrito para você: por isso não divida com outras pessoas. Elas podem ter reações diferentes das suas;
  5. Caso esqueça de tomar: nesse caso você deve avaliar o tempo em que se lembrou, ou seja, caso tenha passado menos de 12h, você pode tomar a dose assim que se lembrar. Caso contrário, essa dose não deve mais ser inserida.


FAQ

  • Como armazenar?

Você deve deixá-lo sob refrigeração, longe do congelador. A temperatura ideal é de 2 a 8 graus. Após o primeiro uso sua validade é reduzida para 1 mês. É importante deixar ele longe da luz.


  • Pode usá-lo com Victoza?

Não. Este produto não pode ser combinado com nenhum medicamento que contenham agonista do receptor de GLP-1, nem com outros medicamentos com princípio ativo liraglutida.


  • Qual a composição da saxenda?

Entre suas substâncias estão, a liraglutida, o fosfato de sódio dibásico di-hidratado, o propilenoglicol, o fenol, o hidróxido de sódio (para o  ajuste de pH), o ácido clorídrico (para o ajuste de pH) e água para injetáveis.


Conclusão

Esse é um método muito garantido de se perder peso. Ele é utilizado por pessoas obesas e com sobrepeso que desejam inibir seu apetite e queimar gordura. 

É um produto injetável, por isso precisa de toda sua atenção. Lembre-se que a supervisão médica é essencial.

Quando associado a uma alimentação equilibrada e exercícios físicos ela pode garantir uma perda significativa de peso, podendo chegar a perder até mesmo 10% do peso.